Assuntos Ciência Natural

A Ciência Natural do Comportamento estuda o comportamento humano aplicando os rigorosos métodos de controles experimentais das Ciências Naturais.


 


O Impacto do Estresse no Organismo

Um dos primeiros cientistas a demonstrar experimentalmente a ligação do estresse com o enfraquecimento do sistema imunológico foi Louis Pasteur (1822-1895). Em estudo pioneiro no final do século 19, ele observou que galinhas expostas a condições estressantes eram mais suscetíveis a infecções bacterianas do que os animais não estressados. Desde então, o estresse é tido como um fator de risco para inúmeras patologias que afligem as sociedades humanas, como patologias cardiovasculares (arteriosclerose, derrame), metabólicas (diabetes insulino-resistente ou tipo 2), gastrointestinais Saiba mais…


Punição do Comportamento

A punição é uma operação contrária ao Reforçamento. Ela promove a parada, ou a diminuição, do comportamento, após sua apresentação. Assim como no Reforçamento, a Consequência deve ser imediatamente correlacionada ao comportamento a ser punido. Quanto maior for o atraso (ou latência), menos eficiente será o controle da consequencia – seja ela punitiva, ou reforçadora – sobre o comportamento. Esse texto é uma continuação do artigo: http://comportamento.net/2016/09/reforco-punicao/ (leia-o primeiro). São chamadas de “Controle Aversivo” as aprendizagens estabelecidas por meio de apresentação de punições ou retirada Saiba mais…


O Estudo Experimental do Comportamento

A ciência do comportamento criou uma série de termos técnicos para descrever relações de controle do comportamento. Essas relações foram descobertas pela observação experimental da aprendizagem de novos comportamentos. A compreensão das operações controladoras do comportamento – de como os estímulos ambientais controlam o comportamento do organismo – ajuda os analistas do comportamento a diagnosticar e a tratar os transtornos comportamentais, produzir novas metodologias de ensino, e melhorar as relações humanas nas mais variadas áreas. Vamos aprender os dois primeiros procedimentos básicos de Saiba mais…


A Falsa Psicologia

Como observou o norte-americano George Kelly (1955), um teórico da personalidade, somos todos psicólogos de poltrona. Sempre estamos procurando compreender o que serve de motivação para os nossos amigos, familiares e estranhos. Esforçamo-nos para entender por que eles fazem determinadas coisas. Além disso, a psicologia é parte inevitável da nossa vida cotidiana. Sejam em nossos relacionamentos amorosos, nas amizades, nos lapsos de memória, nas crises emocionais, na insônia, em nosso desempenho em testes ou nas dificuldades de adaptação, a psicologia Saiba mais…


Sem Mente e Sem Cérebro, apenas, Comportamento

Nível Intermediário: indicado para estudantes de psicologia e terapeutas em formação. Podemos falar que a Psicologia é uma ciência que tem por objetivo explicar o comportamento humano. Porém, ela tem encontrado dificuldades para definir um objeto único e particular de estudo pelo fato de existirem diversos sistemas psicológicos apoiados em teorias e conceitos variados. Este artigo destaca uma ciência psicológica específica chamada, Análise do Comportamento, que utiliza os métodos das ciências naturais para estudar o comportamento humano. A sua filosofia Saiba mais…


Como a cultura afeta a percepção

Este vídeo mostra as diferenças na percepção da realidade que são influenciadas pelos valores culturais, uma comparação da psicologia dos ocidentais e orientais. Como nosso sistema de valores, pautado no capitalismo e individualismo (sonho americano), influencia nossa percepção da realidade e nossos julgamentos de maneira automática. Já o sistema cultural oriental tem as nas relações com o meio e no coletivismo o seu marco para o julgamento das ações individuais.


Terapias Alternativas Funcionam?

Após receber um paciente com fortes dores no pescoço, decorrentes de sessões de Quiropraxia, realizada em uma clinica de Fisioterapia, mr lembrei deste documentário. Ele é apresentado por Alan Alda e se chama: “Avanços da Ciência”. Neste episódio o tema são: As Terapias Alternativas. Seria muito prudente que os conselhos profissionais estabelecessem critérios rigorosos para a aceitação dessas terapias. Na psicologia havia a falsa justificativa de que tais terapias “se não melhorassem, não pioravam o problema” – digo “falsa”, porque tal Saiba mais…