Publicações


Terapia Comportamental da Depressão: uma alternativa promissora

Até por volta da década de 1970 as Psicoterapias “Comportamentais” eram reconhecidas como as principais e mais eficazes formas de tratamento para os mais diversos transtornos (Garcia, 2007; Rangé, Falcone e Sardinha 2007). Suas principais representantes eram a Modificação do Comportamento e a Terapia Comportamental Clássica de Eysenck. Com o nascimento da Terapia Cognitiva, ao final dos anos 60, esta última começou a ganhar espaço e, de acordo com Rangé, Falcone e Sardinha (2007) hoje ela é considerada a mais Saiba mais…


O que você precisa saber sobre Terapia e Terapia Breve

Uma das dificuldades enfrentadas pelos próprios terapeutas é tentar explicar ao novo cliente “como funciona a terapia”. Esta dificuldade acontece por que a terapia é uma “experiência pessoal única”, portanto, difícil de descrever numa explicação geral, válida para todos. Apesar disso, sem uma boa compreensão – mesmo que teórica da prática – alguns clientes mais ansiosos podem ficar inseguros, achando que “nada está acontecendo”, e usar isso como justificativa para desistirem da terapia. Por Leon Vasconcelos, Psy Ms. Como Funcionam as Psicoterapias Para minimizar Saiba mais…


Como Criamos Nossas Fobias

O termo “fobia” foi inspirado no deus grego do medo, Fobus, e tem origem na Grécia Antiga. As fobias são um tipo de medo intenso, paralisante e incontrolável de objetos, ou de situações. Uma pessoa com fobia pode evitar sair para lugares que acredita ser mais provável se deparar com o objeto temido e até evitar escolher uma faculdade na qual tenha que falar em público (fobia social), ver sangue (hematofobia), ou insetos (entomofobia), entre outras. As crianças e jovens que Saiba mais…


A Falsa Psicologia

Como observou o norte-americano George Kelly (1955), um teórico da personalidade, somos todos psicólogos de poltrona. Sempre estamos procurando compreender o que serve de motivação para os nossos amigos, familiares e estranhos. Esforçamo-nos para entender por que eles fazem determinadas coisas. Além disso, a psicologia é parte inevitável da nossa vida cotidiana. Sejam em nossos relacionamentos amorosos, nas amizades, nos lapsos de memória, nas crises emocionais, na insônia, em nosso desempenho em testes ou nas dificuldades de adaptação, a psicologia Saiba mais…


Psicopatologia e Tratamento

Durante a Idade Média, os comportamentos bizarros eram atribuídos a influencia do diabo e as pessoas que apresentavam tais comportamentos eram queimadas como bruxas, encarceradas e sujeitas a outras brutalidades e torturas destinadas a exorcizar o demônio. Durante o século dezenove, surgiu uma atitude mais esclarecida. Os indivíduos que apresentavam patologias do comportamento passaram a ser encarados como “doentes” em vez de possessos. Em vez de presos, eles eram enviados a hospitais. […] Só muito recentemente, as patologias do comportamento Saiba mais…


Hipnose para recordar memórias perdidas

Em 1994, Steven Cook moveu uma ação de 10 milhões de dólares contra o respeitado Cardeal Bernardin, de Chicago. Cook alegava que havia sido molestado por Bernardin, cerca de dezessete anos atrás. Em 2001, L. Mayes foi a centésima pessoa a ser libertada da prisão, após passar 21 anos preso, condenado, injustamente, por estupro e assalto. Felizmente, testes de DNA provaram a sua inocência. Você sabe o que Cook e Mayes têm em comum? As lembranças de abuso de Cook Saiba mais…


Curso de Hipnose em Fortaleza

Curso de Hipnose Clínica e Hipnoterapia, realizado em 2003. Lá se vão mais de 10 anos, não consigo lembrar o nome de todos. O curso foi realizado no Instituto de Psicodrama. Quem tiver participado e quiser colaborar, basta enviar mensagem que eu corrijo os dados Na foto, da esquerda p/ direita: Psicólogos(as): Professor – Leon Vasconcelos Dimas, Ciro Memória, Taís (ou Cintia?), Hélio Rolim, Pâmela, ??, Elenise Machado Agachados: ?, ?


Hipnose no Combate à Dor

A hipnose é uma das mais incompreendidas e eficientes ferramentas para o desenvolvimento do autocontrole e o tratamento de algumas disfunções comportamentais. Quando falamos em “hipnose” a maioria das pessoas pensa em shows de mágica, controle da mente, e até mesmo em feitiçaria. Na realidade, nada poderia estar mais longe da verdade. Foi na área da saúde, e orientada por uma rigorosa ética médica, que a hipnose se desenvolveu como ferramenta terapêutica. Dá-se o nome “hipnose” ao um conjunto de Saiba mais…


Transformando timidez em ousadia

  Os ratos de laboratório geralmente temem espaços abertos e estranhos, mas ter um companheiro ao seu lado faz com que os roedores se tornem mais destemidos, é o que mostrou uma pesquisa publicada na edição atual da Revista Cognição Animal. Os pesquisadores acompanharam a exploração de ratos a uma área grande e desconhecida. Primeiro sozinho, dois dias depois, sozinhos ou acompanhado de um outro rato familiar. Quando sozinhos, os ratos fizeram incursões hesitantes e curtas para o espaço aberto, antes Saiba mais…


Modalidades de Atendimento Psicológico

Terapia Breve Atua de modo imediato e preciso na alteração de comportamentos problemáticos em situações de crise e emergências. Atua na recuperação rápida e pontual de traumas, medos, bloqueios e momentos de crise. O foco da intervenção é o restabelecimento do cliente aos patamares aceitáveis de interação social. Não se faz a análise dos sintomas e nem a identificação minuciosa das causas dos comportamentos. Isso implica na recuperação rápida, porém não garante durabilidade dos efeitos a médio e longo prazos, o que deve Saiba mais…


A psicologia e a publicidade do medo: apostando nos sentimentos de angústia e culpa

Você sabia que um dos pioneiros no encontro da publicidade com a psicologia foi, John Watson, um dos mais notáveis psicólogos dos Estados Unidos de sua época? Notável e polêmico, Watson sempre esteve envolto em polêmicas, aos 29 anos já era professor da Universidade John Hopkins. Um dos experimentos que o deixaram famoso, foi o do Pequeno Albert, no qual ele produziu uma fobia experimental num garoto de poucos meses de idade. O experimento serviu para defender a tese de que as fobias Saiba mais…


Psicoterapia: Análise Funcional versus Análise Topográfica

Um bom exemplo para ilustrar a Análise Funcional, foi citado por Kohlenberg (2006), descrevendo os primeiros estudos de caso relatados na literatura da terapia comportamental (Haughton & Ayllon, 1965). A paciente da enfermaria de um hospital psiquiátrico estava, há muito tempo, com opções limitadas de terapia, medicamentos e suporte social. Na época, os modelos dominantes de todos os tratamentos eram o médico biológico e o psicanalítico. Assim, os doutores Houghton e Ayllon desenvolveram um experimento para demonstrar que o controle Saiba mais…


Psicose e Psicopatia

A confusão na distinção entre os comportamentos na psicopatia e os comportamentos nos surtos psicóticos são erros frequentes, não estando limitados ao conhecimento popular. Não é raro os próprios psicólogos e profissionais de saúde confundirem a psicopatia com o surto psicótico. Esse erro seria semelhante a confundir um golfinho com um peixe, na Biologia, ou uma aranha com um inseto. Parece, mas não é. A distinção deveria ser elementar para os profissionais da saúde mental, mas, frequentemente, são as generalizações e o senso Saiba mais…


Hipnose, cirurgia, oncologia

Projeto de atendimento com Hipnose Clínica a pacientes oncológicos, na Santa Casa de Fortaleza. Boa parte dos pacientes tratados na oncologia eram terminais, restando a nós intervir com medicina paliativa, promovendo o alívio do sofrimento. Nesse caso abaixo, o paciente pedia para morrer a não ter passar por mais uma cirurgia. A hipnose auxiliou no momento de maior desespero, garantindo a confiança para enfrentar outra cirurgia. Ele se recuperou bem melhor, teve mais algum tempo de sobrevida para conviver com os familiares Saiba mais…


Livro de John Elliotson

Um raro livro que descreve cirurgias de médio e grande portes feitas com anestesia hipnótica está agora em domínio público e pode ser consultado pelo link abaixo: https://archive.org/details/39002011123024.med.yale.edu Seria extremamente difícil conseguir uma resposta hipnótica tão forte, na atualidade.


Psicoterapias

Conheça alguns procedimentos usados nas psicoterapias Hipnose Clínica/Médica/Odontológica Técnica que promoveu o surgimento das psicoterapias. É anterior ao surgimento da própria psicologia. Fundada pelo médico austríaco, Dr Anton Mermer (1721-1789), utilizava a influência verbal para o tratamento das neuroses, sem usar nenhum recurso químico, ou físico. A técnica de Mesmer passou a ser utilizada como único recurso disponível para realização de analgesia em cirurgias de médio e até grande porte (o relato dessas cirurgias por ser consultado em James Esdaile, 1946). Com a descoberta Saiba mais…


Para que serve a Psicoterapia

 Aliviar a tristeza com ajuda especializada exige empenho e coragem Fonte: http://yahoo.minhavida.com.br Às vezes, a tristeza é tanta que não imaginamos ninguém capaz de entender por que nos sentimos assim. Não dá vontade de conversar nem com aquela melhor amiga, que sempre ouve tudo, mas… É, você já matou a charada. O problema está bem aí: você fala, ela ouve. E tudo continua igual, ou seja, tudo indica que toda essa tormenta pode voltar a se repetir mais adiante. Já Saiba mais…


Você está exposto a quê?

Pegue a sua apostila, ou material, do ultimo curso que fez. Procure ao longo dos textos, e após afirmações e explicações, as referências dos dados apresentados. Vá ao final e veja se há, pelo menos, referências bibliográficas? Se não achou nada disso, significa que você, provavelmente,  esteve exposto ao mais comum dos relatos anedóticos! Ou seja, ao conhecimento do senso comum que tem o mesmo valor de um boato, não tendo qualquer valor para a legimação do seu trabalho*. Trocando em miúdos, isso Saiba mais…


Medo de quê? fobias…

Diferente do que se pensa, a fobia não é uma relação linear de um Estímulo (objeto fóbico) – e uma Resposta (medo, pavor). Entre o estímulo e a resposta há uma história de aprendizagem (interação) tornou o evento (estímulo) capaz de evocar uma reação comportamental específica (tensão, medo, pensamento de perigo, antecipação, etc). Pesquisas recentes têm indicado que a “tendência ao medo” pode ser passada geneticamente para gerações seguintes (embora ainda seja muito cedo para compreender os detalhes e limites desses dados). De qualquer forma, aranhas, baratas, cobras, Saiba mais…


Técnicas Psicoterápicas Coadjuvantes

  É um conjunto de técnicas que pode ser utilizado para desenvolver algum tipo de habilidade, mudança de comportamento, alteração na duração ou percepção dos sintomas, ou no estabelecimento de novos repertórios de comportamentos. – Relaxamento de Shultz; Relaxamento de Jacobson; Relaxamento Sincronizado – Imaginação Ativa; Regressão de Idade; Imagens Mentais Estruturadas, Psicodrama; Gestalt – Restruturação Cognitiva; Questionamento socrático; Descoberta Guiada, Ensaio Cognitivo – Hipnose Clínica; Noesiterapia; Hipnodrama, EMDR, Programãção Neuro Linguítica; – Dessensibilização Sistemática; Exposição in vivo; Exposição Encoberta; – Exposição com Saiba mais…