Leon Vasconcelos/ Setembro 20, 2013/ Publicações

Terror psicologia
Diferente dos demais gêneros cinematográficos, descrever para os amigos as cenas do filme de horror deixará o filme ainda mais assustador!

Isso acontece porque os diretores planejam os filmes de terror acrescentando muitos estímulos eliciadores de medo, como noites chuvosas, locais escuros, ruídos repentinos, cemitérios e assassinatos em série. 

A verdade é que deixar outra pessoa contar as cenas de horror aumenta o impacto emocional dos filmes. 

Se você permitir que um amigo lhe conte sobre as cenas do assassinato com o machado, a cabeça do menino voando longe, e o sangue jorrando pelo pescoço, essas descrições verbais funcionarão como estímulos que eliciam emoções, tanto quando você estiver ouvindo a narrativa do seu amigo, como quando você for vir o filme, mais tarde. 

Ao assistir ao filme, as lembranças das palavras do seu amigo acrescentam estímulos preditivos que eliciam respostas emocionais, antes que o menino seja decapitado pelo assassino. Enquanto você espera a cena horripilante, você estará lembrando das palavras do seu amigo e já estará experimentando os estímulos condicionados eliciadores de medo, mesmo antes que o machado entre em ação. 

Como resultado, você estará tendo uma dose extra de medo porque terá entrado no cinema com uma descrição verbal da cena. 

Assim, na maioria dos casos, pedir a alguém que lhe conte os detalhes do filme de terror, antes de assistir ao filme, só aumenta o número total de estímulos condicionados eliciadores de medo na sua colagem de estímulos.

Fonte: Baldwinm, J. Princípios do Comportamento na vida diária, 1998.

Leon Vasconcelos Lopes, Psy.
analista do comportamento.

Share this Post